O que são drones e para que servem?

Drone Dji Inspire para imagens aéreas.

Drones, também conhecidos como VANT (veículo aéreo não tripulado), estão se espalhando por toda parte e com inúmeras utilidades, são aeronaves não tripuladas que podem ser tanto controladas por rádio controle, como totalmente autônomas com computadores à bordo.

Foram criados com objetivos militares na utilização em missões de alto risco para humanos. Porém, hoje seu uso vem se expandindo para fins comerciais, científicos, “recreacionais” e ouras aplicações.

 

Nomenclatura

 

Muitos são os nomes usados para drones e geralmente querem dizer a mesma coisa.

O termo drone é o mais comum, se popularizou vindo do inglês, que quer dizer zangão, por causa dos motores barulhentos que os antigos drones usavam. Aqui no Brasil ajudou a se popularizar com a repetição do nome nas redes sociais e até mesmo na televisão.

O termo VANT (veículo aéreo não tripulado) é o mais correto em teoria, mas aqui no Dronetrix iremos utilizar o termo Drone por ser o mais popular e porque o que realmente faz diferença é o significado que as pessoas aplicam ao nome.

 

Aplicações dos Drones

 

As aplicações para drones são muitas e não param de crescer, começaram no serviço militar e hoje vê-se drones até nas nossas cidades com usos recreativos e comerciais.

Drone MQ-9 Reaper carregado com misseis taxiando.

O uso militar militar dos drones cresceu por volta da década de 80, sendo utilizados como máquinas capazes de fazer reconhecimento aéreo em zonas de alto risco. Com o desenvolvimento da tecnologia de controle e autonomia, começaram a surgir os drones projetados para carregar misseis, tornando-se uma arma letal.

Drone Hexacoptero DJI-S800
Drone Hexacoptero DJI-S800

Para civis o que atrai mais é o uso para captura de imagens áreas, porém, os drones não se limitam só a isso. Hoje são utilizados para jornalismo, acompanhamento de obras, geoprocessamento, publicidade, produção de filmes, recreação, etc.

Batmap - drone brasileiro desenvolvido pela Droneng.
Batmap – drone brasileiro desenvolvido pela Droneng.

No ramo comercial ainda há a utilização dos drones na agricultura, com supervisão da saúde da plantação, em geoprocessamento, com mapeamento de grandes áreas, renderização 3d de grandes objetos, acompanhamento de obras, filmagem em shows, eventos, etc.

Os drones também podem ser usados para acompanhar grandes áreas de selva e observar o avanço do desmatamento. Após o acidente nuclear de Fukushima, drones também foram usados, dessa vez para fazer imagens dos reatores nucleares, local onde um ser vivo não sobreviveria. Há também o uso de drones em missões de busca, resgate e monitoramento policial.

Drone da Amazon PrimeAir.
Drone da Amazon PrimeAir.

Em São Paulo uma pizzaria fez um vídeo entregando um pedido com o uso de drones no terraço de um prédio, porém voos assim não são permitidos por novas regras dos órgãos brasileiros. Até a Amazon surgiu com uma ideia assim, planejou fazer entregas pelo ar, não sei se essas ideias dariam muito certo aqui no Brasil (preciso explicar?).

Pilotos utilizando óculos de FPV.
Pilotos utilizando óculos de FPV.

Recentemente vem crescendo o uso de drones com FPV (First Person View, ou em português, Visão em Primeira Pessoa). O piloto consegue ver através de óculos o que está se passando na câmera do drone, tudo isso em tempo real e à distância. Essa possibilidade já gerou até mesmo um crescente esporte conhecido como Drone Racing (Corrida de Drones), que se resume em uma verdadeira corrida de mini drones, passando por pequenas vias com obstáculos e em alta velocidade.

Daqui para frente muitas outras aplicações devem surgir, ainda estamos descobrindo o que esse equipamento pode fazer, tanto para diversão, quanto para utilidade pública. Aproveite e veja também:

Quais são os tipos de drone? (EM BREVE)